SONORA/MS – ATUARIAL PARTICIPA DE REUNIÃO COM REPRESENTANTES DO FUNPREV

2 de agosto de 2019 - Categoria: Notícias e Palestras


31/07/2019

 

Atuarial Consultoria participou de uma reunião com representantes do FUNPREV – Fundo de Previdência Social Municipal dos Servidores de SONORA/MS, no dia 31 de julho, na sede da Prefeitura, para realizar uma apresentação sobre os resultados da Avaliação Atuarial e a Gestão de Investimentos do ano de 2019.

 

Reunião aconteceu na Prefeitura de Sonora-MS

 

Situação Financeira e Atuarial

 

O Atuário e Consultor de Investimentos Igor França Garcia, explicou o princípio básico do Cálculo Atuarial que é equilibrar Receitas e Despesas Futuras de Planos de Seguro, Saúde e Previdência.

Mostrou o impacto sobre o Déficit Atuarial, causado por alterações nas Tábuas Biométricas (Mortalidade) e das hipóteses econômica, financeira e demográfica do plano de previdência.

Com relação aos resultados da Avaliação Atuarial/2019, o atuário mostrou a Distribuição Demográfica dos Segurados.

A proporção entre a quantidade de Servidores ativos para cada Beneficiário é RAZOÁVEL, tendo em vista que o FUNPREV possui 6 Servidores Ativos para cada Benefício pago.

A expectativa é que o FUNPREV acumule aproximadamente R$ 51.938.094,06 milhões, nos próximos 5 anos.

 

Reforma da Previdência

 

O Atuário e Consultor de Investimentos, aproveitou a oportunidade para demonstrar o impacto financeiro e atuarial no FUNPREV, caso seja aprovada a Reforma da Previdência, que propõe alterara idade limite de aposentadoria dos homens para 65 anos e a das mulheres para 62 anos. Caso aprovada, o Déficit Atuarial reduzirá de R$ 40.884.663,72 milhões para R$ 24.784.658,78 milhões.

 

Atuário e Consultor de Investimentos, Igor França Garcia

 

Gestão de Investimentos

 

Sobre a Gestão de Investimentos, o Atuário e Consultor de Investimento falou sobre a organização dos Investimentos para os RPPS, princípios econômicos e o objetivo da Política Anual de Investimento. Mostrou os três principais riscos de investimentos (mercado, crédito e liquidez) e formas de amenizar esses riscos em investimentos.  Segundo o Consultor, “nossa orientação é para o investidor aplicar conforme seu perfil e necessidade financeira. Em resumo,aconselhamos não inventar risco”.

Foi demonstrado a Metodologia da Atuarial Consultoria, para classificar o Perfil de Investidor e orientou que os clientes busquem sempre manter uma distribuição da carteira dos RPPS, diversificada e com certa concentração em índices considerados moderados, visando o cumprimento da Meta Atuarial. “Por conta da Meta Atuarial, os RPPS também não podem manter suas carteiras extremamente conservadoras e, por outro lado, mantendo extremamente arrojadas, também não é garantia de se cumprir a Meta”,explicou o consultor.

Até o mês de junho de 2019, o FUNPREV vem cumprindo a Meta Atuarial, ultrapassando a meta em 2,63%. A Meta Atuarial está em 5,24%, enquanto a rentabilidade da carteira de investimento está em 7,87%. Em números financeiros, o RPPS conseguiu no período, R$ 2.564.844,97 milhões de rentabilidade.